Mundo

China pede que EUA parem de saquear recursos nacionais da Síria, situação parece 'incontrolável'

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







“Pedimos aos EUA que respeitem a soberania e a integridade territorial da Síria, suspendam as sanções unilaterais e acabem com o roubo de recursos nacionais da Síria”, disse Wang durante um briefing.
Segundo o diplomata, Washington deve investigar os saques dos militares norte-americanos e reparar os danos.
“Esta não é a primeira vez que os militares dos EUA roubam petróleo da Síria e parecem estar ficando mais incontroláveis”, disse ele.
Ao mesmo tempo, Wang destacou que, “de acordo com o Ministério do Petróleo e Recursos Minerais da Síria, os militares dos EUA e as forças armadas apoiadas por eles exportaram 82% dos barris de petróleo sírio no primeiro semestre de 2022″.
Ele acrescentou que os habitantes da Síria não só não têm seus direitos garantidos, como são privados deles.
A Síria vive um conflito desde março de 2011, no qual as forças do governo enfrentam grupos armados de oposição e organizações terroristas.
A solução do conflito é buscada em duas plataformas, a de Genebra, sob os auspícios da ONU, e a da cidade de Astana, no Cazaquistão, com a mediação da Rússia, Turquia e Irã.
Atualmente, os esforços estão concentrados na busca de uma solução política e no retorno dos refugiados.
Panorama internacional

EUA captam petróleo da Síria em comboio de 88 veículos



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.