Mundo

Mídia: Grã-Bretanha quer concluir um acordo de longo prazo sobre o fornecimento de GNL dos Estados Unidos

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






MOSCOU, 22 de setembro – RIA Novosti. O Reino Unido está buscando garantir o suprimento de longo prazo – até 20 anos – de gás natural liquefeito (GNL) dos EUA antes de uma crise de energia no inverno que “ameaça minar a economia do país”, informou a Bloomberg, citando fontes não identificadas.
“Uma força-tarefa do governo britânico está pedindo aos exportadores de GNL que forneçam propostas a compradores domésticos sob contratos de 20 anos”, disse a agência em comunicado.
Conforme observado, os pedidos do governo britânico vieram seis meses depois que o então secretário de Energia Kwasi Kwarteng visitou Washington, onde se encontrou com desenvolvedores americanos de capacidade de exportação de GNL.
Como o jornal escreve, citando fontes, não está claro quais volumes de fornecimento de GNL o Reino Unido está tentando negociar. De acordo com pessoas familiarizadas com a situação, os funcionários estão procurando comprar GNL indexado ao preço do gás Henry Hub e entregue em condições que exigem que o vendedor entregue a carga a um comprador e local específicos.
A Grã-Bretanha e outros países europeus importam rotineiramente GNL do Catar, dos EUA e do Peru. As entregas da região da Ásia-Pacífico são raras devido à inconveniência econômica de uma longa viagem e alta demanda na própria região da Ásia-Pacífico.
Após o início de uma operação militar especial para desnazificar e desmilitarizar a Ucrânia, o Ocidente intensificou a pressão das sanções sobre a Rússia, o que levou a um aumento nos preços da eletricidade, combustível e alimentos na Europa e nos Estados Unidos. O presidente russo, Vladimir Putin, disse que a política de contenção e enfraquecimento da Rússia é uma estratégia de longo prazo do Ocidente, e as sanções foram um duro golpe para toda a economia mundial. Segundo ele, o principal objetivo do Ocidente é piorar a vida de milhões de pessoas.

Mídia: a natureza fez uma piada cruel com a Grã-Bretanha, que recusou gás da Rússia



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.