Mundo

Bombardeio dos EUA na Somália mata 27 combatentes do Al-Shabaab

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







Com o recente ataque aéreo, na região de Hiran, os EUA chegaram ao sexto bombardeio neste ano em território somali, disse o Comando dos Estados Unidos para a África (AFRICOM).
As forças norte-americanas informaram ainda que o Exército do país, com seus aliados na Somália, lançou uma ofensiva contra o grupo terrorista no mês passado.
A ação foi justificada pelos constantes ataques dos combatentes do Al-Shabaab, que entraram em confronto, diversas vezes nas últimas semanas, com as forças militares somalis perto da cidade de Buulobarde.
Durante “a maior operação ofensiva combinada em cinco anos“, como a AFRICOM definiu a operação, nenhum civil foi morto ou ferido, esclareceram as autoridades. Os EUA vêm realizando ataques aéreos na Somália contra o Al-Shabaab há anos.
Panorama internacional

Explosões são registradas em ataque do Al-Shabaab a hotel em Mogadíscio (VÍDEOS)

Moradores da região de Hiran dizem que o incêndio de casas pelo Al-Shabaab, a destruição de poços e a morte de civis, combinados com exigências de impostos em meio à pior seca em 40 anos, levaram os moradores a formar grupos paramilitares para lutar ao lado do governo.
Em um ataque no início deste mês, combatentes do Al-Shabaab mataram pelo menos 19 civis e destruíram caminhões que entregavam ajuda alimentar.
O Al-Shabaab tem lutado contra o governo central da Somália por mais de uma década, em seu esforço para estabelecer seu próprio governo baseado em uma interpretação estrita da lei islâmica.
Ativistas de direitos humanos já acusaram Washington de ocultar suas operações na Somália, potencialmente minando a responsabilidade por incidentes envolvendo mortes de civis, relembra a Al Jazeera.
Mohamed Abdullahi Mohamed, ou Farmaajo, fala com delegados durante negociação eleitoral em Mogadishu, Somália, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 29.12.2021

Panorama internacional

EUA ameaçam intervir na Somália após presidente do país demitir premiê antes das eleições



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.