Mundo

Scholz diz estar 'irritado' com possível ingresso da Turquia em órgão liderado por Rússia e China

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, disse no sábado (17) que a Turquia, membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) pretende ingressar na Organização de Cooperação de Xangai (OCX).

“Essa não é uma organização que está dando uma contribuição importante para uma boa coexistência global”, disse Scholz na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, após se reunir com Erdogan.

De acordo com a Reuters, o chanceler alemão estaria “muito irritado com esse envolvimento”. Para Erdogan, a adesão da Turquia à OCX levará as suas relações com os países participantes para um nível completamente diferente.
Panorama internacional

Turquia tem por objetivo aderir à OCX, diz Erdogan

Ao ser questionado sobre se leva em conta a opção de aderir à organização, Erdogan respondeu de forma afirmativa: “Claro. Esse é o nosso objetivo”.
A OCX foi fundada em 2001, integrando Rússia, Índia, Cazaquistão, China, Quirguistão, Tajiquistão, Paquistão e Uzbequistão. Atualmente a Turquia é um país observador.
Ainda hoje (20), na ONU, Scholz rejeitou o referendo para as repúblicas populares de Lugansk (RPL) e Donetsk (RPD) e as regiões de Kherson e Zaporozhie serem integradas à Rússia. Ele classificou as votações de “inaceitáveis”.
Scholz novamente culpou a Rússia pelo aumento global dos preços dos alimentos e alertou contra as tentativas de países terceiros de contornar as sanções da União Europeia contra a Rússia.
Ele disse que as restrições “não impedem a venda de alimentos russos“. A Rússia, por sua vez, insiste que as restrições ao comércio internacional afetaram suas exportações de alimentos e fertilizantes.
In an interview with China National Radio published Sunday, Professor Jin Canrong of the Institute of International Relations at Renmin University explained why Russia and China have a shared sense of historical memory regarding the Second World War, and why the partnership between the two countries is likely to be a lasting one. - Sputnik Brasil, 1920, 19.09.2022

Panorama internacional

Rússia e China estão motivadas a desenvolver OCX em resposta à pressão ocidental, diz analista



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.