Mundo

Milhares ficam sem acesso à água em meio a onda de protestos no Haiti


Milhares de pessoas no Haiti estão sem acesso à água após a onda de protestos que varre o país há dias interromper quase completamente a distribuição no país gerenciada por empresas fornecedoras.
Segundo noticioua Reuters, a situação se agravou no último sábado (17), uma vez que a falta do recurso se soma a uma tempestade tropical que se aproxima do país. Meteorologistas preveem que a tempestade Fiona deve chegar ao país no início da próxima semana, possivelmente na terça-feira (20).
Panorama internacional

Governo do Haiti confirma atentado contra o primeiro-ministro

Alguns moradores da capital Porto Príncipe aproveitaram uma breve trégua nos confrontos entre a polícia e manifestantes para buscar água e gás de cozinha em centros de distribuição para estocar nos próximos dias, enquanto se abrigam da tempestade. Muitos tiveram de percorrer quilômetros para encher baldes e garrafas para levar de volta para casa.
O Haiti vive uma grave onda de violência desencadeada por protestos contra a escalada na inflação, a alta no preço dos alimentos e dos combustíveis. No início deste mês, a situação se agravou com milhares de pessoas saindo às ruas da capital e de várias outras cidades para exigir a renúncia do primeiro-ministro Ariel Henry. Pneus foram queimados bloqueando vias e confrontos com a polícia foram registrados.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.