Mundo

Moscou tem potenciais novos compradores para metade de seu petróleo – Bloomberg – CMIO

Brasil, Sri Lanka e África do Sul estão entre os países que podem ocupar o lugar da UE como mercados para a energia russa

Moscou poderá encontrar novos mercados para metade das exportações de petróleo bruto sujeitas ao iminente embargo de Bruxelas, informou a Bloomberg na sexta-feira, citando a empresa de análise Kpler.

Sob o embargo, a maioria das importações de petróleo russo será proibida de entrar na UE a partir de dezembro, enquanto as exportações de derivados para o bloco serão proibidas a partir de fevereiro. De acordo com a Agência Internacional de Energia, isso significa que cerca de 2 milhões de barris de petróleo russo por dia não serão reclamados, a menos que a Rússia redirecione sua entrega.

De acordo com Kpler, no entanto, Indonésia, Paquistão, Brasil, África do Sul, Sri Lanka e vários países do Oriente Médio poderiam comprar juntos até 1 milhão de barris de petróleo russo por dia no próximo inverno.

Moscou já começou a redirecionar parte de seu petróleo para a Ásia, aumentando as exportações para a Índia e a China, depois que alguns compradores europeus rejeitaram mais entregas. A Rússia ofereceu grandes descontos para atrair compradores.

Analistas dizem que o desconto pode ser tentador, e o Oriente Médio, que pode levar até 500.000 barris por dia de petróleo russo, pode até decidir redirecionar o petróleo anteriormente usado internamente para os mercados de exportação.

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
Petrolífera russa aumenta lucros apesar das sanções

Anteriormente, surgiram relatos de que a Indonésia está considerando comprar petróleo russo com um desconto de 30%, mas está esperando para ver se a China e a Índia concordam em aderir à iniciativa de limite de preço lançada pelo Grupo dos Sete (G7) para reduzir os lucros da Rússia com o petróleo. exportações.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.