Mundo

França nega querer cortar exportação de energia à Itália em meio à crise energética na Europa

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







A França negou um relato de que se prepara para cortar a exportação de energia à Itália, sublinhando ter um compromisso com seus vizinhos, informa no sábado (17) a agência norte-americana Bloomberg.
No sábado (17) o jornal italiano la Repubblica disse que Paris tinha comunicado a Roma uma notificação de possível paragem de dois anos no fornecimento da energia, com uma porta-voz do Ministério de Energia de Itália confirmando a declaração.
Panorama internacional

The Economist: Noruega se beneficia ‘descaradamente’ da crise na Europa

A França “reafirma seu compromisso de solidariedade recíproca em relação ao gás e à eletricidade com todos os nossos vizinhos europeus. As interconexões elétricas em pleno funcionamento são uma prioridade para a segurança do fornecimento coletivo”, disse o Ministério de Transição de Energia em uma declaração.
Um porta-voz da Électricité de France (EDF), fornecedora de eletricidade francesa, também negou a ideia, dizendo que a concessionária controlada pelo estado “não enviou uma carta” para as autoridades italianas sobre o assunto.
A produção de energia da EDF deve cair para o nível mais baixo em mais de três décadas. Isso foi provocado pelas sanções antirrussas impostas desde fevereiro em resposta à operação militar especial de Moscou na Ucrânia, que quebraram as cadeias de fornecimento e levaram a uma alta da inflação por toda a Europa. A maior onda de calor no continente em pelo menos 19 anos também diminuiu severamente a produtividade do transporte fluvial de mercadorias.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.