Mundo

Financial Times: EUA e União Europeia pressionam Turquia por adesão ao sistema de pagamentos Mir


Os EUA, junto com a União Europeia (UE), estão pressionando a Turquia por suas crescentes relações econômicas com a Rússia, informou nesta quinta-feira (15) o jornal britânico Financial Times.
Cinco dos maiores bancos turcos aceitam atualmente o sistema de pagamentos Mir, sendo que dois deles foram ligados após o início da operação militar especial da Rússia na Ucrânia. Os EUA estão ainda visando indivíduos e empresas envolvidos na criação de redes de transações e realização de pagamentos, escreve a mídia.
Os EUA estão assim preocupados que a cooperação russo-turca possa ajudar Moscou a contornar as sanções.
“Vamos enviar uma mensagem muito clara de que, por exemplo, as instituições financeiras de países terceiros não devem estar interconectadas com a rede de pagamentos Mir porque, você sabe, isso implica alguns riscos de evasão de sanções”, contou um funcionário ao Financial Times.
A UE também estaria preocupada com a cooperação entre Ancara e Moscou, particularmente no setor financeiro. Mairead McGuinness, comissária europeia para serviços financeiros, pretende visitar a Turquia em outubro para discutir diretamente questões relacionadas aos serviços financeiros e à implementação de sanções.
Panorama internacional

‘Cavalo de Tróia’: mídia explica como Turquia ajuda Rússia a contornar sanções

Vladimir Komlev, CEO da empresa que opera o Mir, disse que atualmente não há problemas com a operação de cartões bancários do serviço na Turquia.
Em 2014 a Rússia introduziu o Sistema de Transferências de Mensagens Financeiras (SPFS, na sigla em russo), um sistema de transferência financeira para bancos previsto como alternativa ao SWIFT, e o Mir, um sistema nacional de cartões de crédito e débito, em meio a uma série de sanções ocidentais contra o país na época. A nova onda de restrições neste ano tem levado a Rússia a negociar a aceitação de seus cartões Mir em vários países estrangeiros, incluindo a Turquia e o Vietnã.
Apesar de fornecer armas a Kiev e participar de exercícios militares da OTAN, a Turquia recusou impor sanções à Rússia e aumentou seu comércio bilateral com o país nos últimos meses. A aceitação do sistema de pagamentos Mir tem sido apontada por Ancara e Moscou como permitindo evitar as sanções antirrussas impostas pelo Ocidente.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor




Mostrar mais

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.