Mundo

Japão aumenta importações de gás natural da Rússia

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







O Japão compra dois terços de seu GNL da Austrália, Malásia e Catar, de acordo com Kommersant. A Rússia é responsável por 9% das importações de GNL do Japão, seguida pelos Estados Unidos, com 6%.
De acordo com dados alfandegários do Ministério das Finanças, o Japão recebeu 450.000 toneladas de GNL da Rússia no mês passado — um aumento de 211,2% em relação a agosto de 2021.
O impulso dos envios de GNL para o Japão segue a substituição pela Rússia do operador do projeto de GNL Sakhalin-2 por uma entidade nacional em resposta a sanções “hostis” ocidentais.
Panorama internacional

Índia não faz parte de esforço do G7 por teto no preço do petróleo russo, diz secretário

O movimento provocou incerteza sobre a continuidade dos suprimentos de GNL, embora os compradores japoneses tenham renovado contratos para comprar GNL do Sakhalin-2 depois de terem garantido os mesmos termos financeiros da nova empresa operadora russa.
Dados de agosto de 2022 publicados pelo Ministério das Finanças do Japão mostram um aumento de 67,4% nas importações totais da Rússia e uma redução de 21,5% nas exportações.
O Japão juntou-se a seu aliado, os Estados Unidos, e outros países ocidentais, para impor sanções sem precedentes à Rússia por sua operação especial na Ucrânia. Dezenas de empresas industriais, tecnológicas e de consumo japonesas deixaram ou suspenderam as operações na Rússia desde fevereiro.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.