Mundo

Pela primeira vez desde 2014, a chama eterna foi acesa em Saur-Mogila na RPD

SHAKHTERSK (DPR), 9 de setembro – RIA Novosti. Pela primeira vez desde 2014, a chama eterna foi acesa no topo do memorial Saur-Mogila na República Popular de Donetsk, relata o correspondente da RIA Novosti.
A cerimônia de iluminação contou com a presença do primeiro vice-chefe da administração presidencial da Rússia Kiriyenko, vice-ministro da Defesa Timur Ivanov, chefes do DPR e LPR Denis Pushilin e Leonid Pasechnik.
A partícula de fogo que acendeu o símbolo da Vitória em Saur-Mogila foi trazida da Chama Eterna perto do Kremlin de Moscou.

Putin chamou a abertura de “Saur-Mogila” um renascimento da memória das façanhas dos ancestrais

O memorial no monte Saur-Mogila foi inaugurado solenemente em 1967, está localizado nas proximidades da cidade de Snezhnoye, na RPD, não muito longe da fronteira russa. Em 1943, batalhas ferozes foram travadas nesses lugares pela libertação de Donbass dos invasores nazistas.
Em agosto de 2014, o memorial foi fortemente danificado devido aos combates entre tropas ucranianas e milícias locais. Em particular, uma estatueta de ferro fundido de nove metros de altura de um soldado soviético vitorioso e um obelisco de 36 metros feito de concreto armado com um revestimento de granito que estava atrás dele desabou.
Este ano, construtores militares russos começaram a restaurar o complexo memorial Saur-Mogila.

Kiriyenko disse que Putin tomou a decisão de restaurar Saur-Mogila



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.