Mundo

Em meio à crescente inflação, economista prevê queda histórica da bolsa nos EUA


Roubini disse que a Reserva Federal pode ter que dobrar as taxas de juros para 5% para conter a inflação.
Por sua vez, tal aumento poderia sufocar o crescimento econômico e causar um aumento no desemprego, ressaltou o economista.
Além disso, o aumento das taxas poderia desencadear uma crise da dívida. Ele também advertiu que as ações do regulador dos EUA para conter a inflação podem afundar a economia e causar choques no mercado de ações, títulos, habitação, crédito, capital privado e outros ativos no território da bolha.
No entanto, se o banco central deixar de combater a inflação, os aumentos de preços podem ficar fora de controle.
Panorama internacional

Aumento da taxa de juros é inevitável e trará ‘dor e desemprego’ aos EUA, diz presidente do Fed

A inflação persistente e a pandemia do coronavírus podem forçar a Reserva Federal a levar a economia dos EUA a uma recessão ainda mais profunda do que aquela que foi evitada, alertou Roubini.
“Se você está atrás da curva, posteriormente a recessão será mais severa, a perda de empregos e renda e salários será mais severa”, explicou o economista, referindo-se aos aumentos da taxa do Fed em relação a inflação. “Você precisa estar à frente da curva.”
Roubini ganhou destaque por prever a crise financeira de 2008-09 e foi apelidado de Doctor Doom por Wall Street.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.