Mundo

EUA violam acordo da ONU – Moscou — CMIO

Acusação ocorre depois que Washington se recusou a conceder visto ao ministro do Interior da Rússia para participar de uma cúpula da ONU

Os EUA negligenciaram sua obrigação como nação que hospeda a sede da ONU quando se recusou a conceder vistos ao ministro do Interior da Rússia e a outros membros de sua delegação, argumentou Moscou. Vladimir Kolokoltsev e colegas pretendiam participar de uma cúpula de ministros do Interior da ONU.

Por causa das ações do lado americano, a participação na cúpula da delegação russa chefiada pelo ministro do Interior Vladimir Kolokoltsev foi cancelada,” O representante permanente da Rússia na ONU, Vassily Nebenzia, disse quinta-feira.

O diplomata descreveu a recusa de Washington em emitir vistos para as autoridades russas como “mais uma violação flagrante por parte dos EUA das suas obrigações” sob o acordo de 1947 sobre a sede da ONU.

Nebenzia ressaltou que dar acesso às instalações da organização internacional não é um privilégio, mas sim uma obrigação de Washington perante o direito internacional.


Putin evita viagem a Nova York na ONU

Esta não é a primeira vez que os EUA se recusam a conceder vistos a funcionários russos.

No final de julho, Andrey Krutskih, diretor do departamento de segurança da informação internacional do Ministério das Relações Exteriores do país, foi impedido de entrar nos EUA, onde planejava participar de uma sessão da ONU.

Além disso, Washington ainda não emitiu vistos para o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, que deve chefiar a delegação do país na Assembleia Geral da ONU, que começa em 13 de setembro. com bastante antecedência, as autoridades americanas ainda não sinalizaram sua disponibilidade para concedê-los.

Anteriormente, tanto Nebenzia quanto seu vice, Dmitry Polyansky, pediram à ONU que tomasse medidas e lançasse um tribunal arbitral contra Washington por suas repetidas negações de vistos a autoridades russas.

Comentando sobre o último caso na quinta-feira, Stephane Dujarric, porta-voz do secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, disse que o “A ONU constantemente levanta a questão com o país anfitrião sobre a não emissão de vistos para diplomatas russos que chegam à ONU.” A organização internacional irá “continuar a fazê-lo,”, acrescentou, conforme citado pela agência TASS.

Sob um acordo entre os EUA e a ONU, Washington não deve obstruir as visitas de representantes e funcionários dos estados membros à sede da organização em Nova York.

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte




Mostrar mais

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.