Mundo

Ministério das Relações Exteriores da Moldávia convocou representante russo após a declaração de Lavrov sobre o PMR

CHISINAU, 1 de setembro – RIA Novosti. O ministro das Relações Exteriores e Integração Europeia, Nicu Popescu, convocou Anatoly Loshakov, encarregado de negócios da Federação Russa na Moldávia, para receber esclarecimentos sobre as declarações do ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, para a República da Moldávia Pridnestroviana, informou o ministério em comunicado.
Na quinta-feira, o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse que a Moldávia deve entender que a criação de ameaças à segurança das forças de paz russas na Transnístria será considerada um ataque à Rússia.
“O Ministro dos Negócios Estrangeiros e Integração Europeia Nicu Popescu ordenou hoje a convocação do Charge d’Affaires da Federação Russa na República da Moldávia ao MFAEI para receber esclarecimentos sobre as declarações do chefe da diplomacia russa, bem como para expressar a posição de nossas autoridades”, relata o canal Telegram do ministério.
Este ano marca o 30º aniversário do início da operação de manutenção da paz na Transnístria. A paz na zona do conflito da Transnístria é apoiada por uma força conjunta de manutenção da paz, que inclui 402 militares russos, 492 transnístricos, 355 moldavos, bem como dez observadores militares da Ucrânia. Os Peacekeepers servem em 15 postos estacionários e postos de controle, localizados em áreas-chave da zona de segurança.

O Ocidente não alcançará o objetivo de enfraquecer a Rússia, disse Lavrov



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.