Mundo

Gazprom confirma o desligamento do Nord Stream — CMIO

O trânsito de gás para a Europa através do gasoduto será suspenso por três dias, diz o principal russo de energia

A gigante de energia russa Gazprom anunciou na terça-feira que os fluxos de gás através do gasoduto Nord Stream 1 serão interrompidos de 31 de agosto a 3 de setembro devido a manutenção.

Dados do operador do gasoduto Nord Stream AG indicam que nenhum fornecimento de gás foi contratado para transporte até as 03:00, horário de Moscou, em 31 de agosto.

A Gazprom havia anunciado anteriormente que o fornecimento de gás via Nord Stream 1 seria completamente interrompido de 31 de agosto a 2 de setembro devido à manutenção na única unidade de compressor de gás que permanece em operação. Após a conclusão dos reparos e supondo que a unidade não apresente avarias técnicas, o transporte de gás será restabelecido ao nível de 33 milhões de metros cúbicos por dia, ou 20% da capacidade máxima do gasoduto.

Desde julho, o gasoduto Nord Stream 1 opera com capacidade reduzida devido ao desligamento de várias turbinas a gás. Um deles foi enviado a Montreal para reparos e ficou preso lá devido às sanções canadenses contra a Rússia por causa do conflito na Ucrânia. A pedido da Alemanha, Ottawa anunciou uma isenção para as turbinas em julho e enviou uma delas, mas a Gazprom se recusou a receber a entrega, alegando irregularidades na documentação.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte




Mostrar mais

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.