Mundo

Crise no Iraque: tiroteio é registrado na Zona Verde de Bagdá


Apoiadores do clérigo xiita Muqtada Sadr invadiram a Zona Verde de Bagdá nesta segunda-feira (29), pouco após o clérigo anunciar que estava deixando a vida política para sempre.
O Iraque atravessa uma onda de fortes protestos desde as eleições parlamentares de outubro de 2021. O partido Movimento Sadrista, de Sadr, ficou em primeiro lugar no pleito, conquistando um quarto dos 329 assentos do Parlamento. Porém o movimento não conseguiu formar uma coalizão livre de legendas próximas do Irã.
Diante do impasse, Sadr passou a exigir a dissolução do Parlamento e a realização de novas eleições. A exigência recebeu apoio de partidários de Sadr, que iniciaram uma onda de protestos que ganhou força no fim de julho, quando o Parlamento do país foi ocupado em duas ocasiões em menos de duas semanas.
Panorama internacional

EUA tentam criar governos frágeis no Oriente Médio para manter hegemonia militar, diz relatório

Nesta segunda-feira (29), a situação se agravou diante do anúncio de Sadr. Foram registrados ataques a tiros na Zona Verde de Bagdá, onde ficam localizadas embaixadas e prédios de órgãos do governo. A polícia local usou canhões de água e gás lacrimogêneo para conter os manifestantes.
Mustafa Al-Kadhimi, aliado de Sadr que atua como líder em exercício do país, anunciou a suspensão de todas as reuniões de gabinete do governo até que a situação esteja sob controle.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.