Mundo

FSB: mais um ucraniano está envolvido no assassinato da jornalista russa Daria Dugina


Foi o cidadão ucraniano Bogdan Tsyganenko, nascido em 1978, que no dia 30 de julho chegou à Rússia através da Estônia e abandonou o país no dia do assassinato.
Conforme o serviço, Tsyganenko deu a Vovk as placas de carro falsificadas e documentos adulterados da cidadã real do Cazaquistão, Yulia Zaiko, tendo também lhe ajudado a construir o dispositivo explosivo improvisado em uma garagem alugada no sudoeste de Moscou.

“Como resultado de investigação das câmeras de vigilância, foi confirmado oficialmente que a autora do crime, a cidadã ucraniana Vovk Natalia Pavlovna, nascida em 1979, monitorava pessoalmente Daria Dugina no estacionamento para os convidados do festival Traditsia“, notaram na entidade.

A filha do filósofo russo Aleksandr Dugin, Daria, foi morta em 20 de agosto como resultado da explosão do carro dela na região de Odintsovo, nos arredores de Moscou. Em dois dias, o FSB disse ter resolvido o crime. Conforme o FSB, os serviços especiais ucranianos estão por trás do assassinato.
Panorama internacional

Áustria não confirma relatos da morte de Natalia Vovk, envolvida no assassinato de Daria Dugina



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.