Mundo

Truss planeja declarar China como ameaça para o Reino Unido – Times


Segundo o comunicado, caso seja eleita líder do país, Truss promete “dar uma nova forma à política externa” do Reino Unido e rever o documento denominado “A Grã-Bretanha Global em uma Época de Competição”, publicado no ano passado, em que são listadas as prioridades do Reino Unido nas áreas da diplomacia e defesa.
Conforme fontes próximas a Truss, a China pode vir a ser designada de “ameaça crítica” ao Reino Unido, status que em março do ano passado já tinha sido atribuído à Rússia, diz a edição.

“Liz [Truzz] endureceu o posicionamento do Reino Unido em relação a Pequim depois de ter se tornado ministra das Relações Exteriores, e ela vai seguir manifestando uma posição de falcão no cargo de premiê. Ela discute ativamente a coerção econômica da China, coopera com os países do G7 e outros aliados para mobilizar os investimentos para os países com nível baixo e médio de renda, a fim de se opor à iniciativa chinesa de ‘Um Cinturão, Uma Rota'”, cita o The Times as palavras de uma das fontes.

Panorama internacional

Truss diz estar pronta, ‘se for necessário’, a usar armas nucleares

De acordo com outra ponte próxima a Truss, “a Grã-Bretanha não terá mais parcerias econômicas com a China e as que existem devem ser suspensas”.
Segundo salienta a edição, a abordagem de Truss nas relações com a China difere significativamente da do governo Cameron. Na época, o líder chinês Xi Jinping até foi recebido no Reino Unido em visita oficial.
Em março do ano passado, no documento programático sobre a estratégia de modernização militar, o Reino Unido classificou a Rússia como “a maior ameaça nuclear e militar à segurança europeia”.
Finalistas da disputa pelo cargo de premiê britânico, Liz Truss e Rishi Sunak, participam dos primeiros debates eleitorais no canal de televisão BBC, 25 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 26.07.2022

Panorama internacional

Truss diz que Reino Unido não deve repetir nas relações com a China erros cometidos com a Rússia



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.