Mundo

China implanta navios e jatos perto de Taiwan — Taipei — CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Um grupo considerável de embarcações e aeronaves militares chinesas foi detectado em torno de Taiwan em meio ao aumento das tensões na região, afirmou o Ministério da Defesa da ilha autônoma no domingo.

Segundo o ministério, oito embarcações da Marinha chinesa e 23 aeronaves foram detectadas nas proximidades de Taiwan. Dez aviões, afirmou, “voou na parte leste da linha mediana do Estreito de Taiwan”, que na prática serve como uma barreira não oficial entre a China continental e a ilha.

Os militares taiwaneses acrescentaram que a patrulha aérea de combate local recebeu instruções relevantes e que as atividades de Pequim estão sendo monitoradas de perto.

A aparente implantação chinesa ocorre um dia depois que os EUA enviaram dois navios de guerra ao Estreito de Taiwan, no que a Marinha chamou de “rotina” missão de trânsito, destinada a “demonstrar o compromisso dos Estados Unidos com um Indo-Pacífico livre e aberto”.


Taiwan reivindica grande invasão da China

Pequim respondeu colocando seus militares em alerta máximo e sinalizando sua prontidão “parar qualquer provocação em tempo hábil.” Anteriormente, a China também castigou os EUA, marcando-os “o destruidor da paz e da estabilidade no Estreito de Taiwan”.

As tensões na região estão em alta desde a controversa visita da presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, a Taipei no início de agosto, que colocou as relações entre Washington e Pequim em queda e desencadeou uma enxurrada de atividade militar chinesa na área. Na época, o Ministério da Defesa chinês disse que havia realizado exercícios simulando um “bloqueio” da ilha, assim como os assaltos anfíbios e o ataque a alvos terrestres.

Pequim considera a ilha autônoma seu próprio território e vê as visitas de altos funcionários dos EUA como ataques à sua soberania e uma violação do princípio ‘Uma China’. O Estreito de Taiwan, que separa a ilha autônoma da China continental, tem sido fonte de tensão militar desde 1949, quando os nacionalistas chineses fugiram para a ilha depois de perderem a Guerra Civil para os comunistas.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.