Mundo

Coca-Cola reluta em deixar a Rússia — CMIO

A gigante americana de refrigerantes Coca-Cola venderá seu produto icônico na Rússia sob a marca Dobry Cola, de acordo com o fundador da rede de fast-food Teremok, Mikhail Goncharov.

“Recebemos a comunicação da Coca-Cola de que a bebida agora se chamará Dobry Cola, aquela que antes era Coca-Cola. Vamos tentar vendê-lo”, Goncharov disse na sexta-feira, conforme citado pela Interfax.

O novo refrigerante terá que competir com empresas russas que lançaram suas próprias colas, acrescentou.

A Interfax também citou uma carta aos funcionários do CEO da Coca-Cola HBC, Zoran Bogdanovich, na qual anunciou a cessação da produção e venda das marcas da Coca-Cola na Rússia.

A empresa norte-americana anunciou planos de suspender os negócios na Rússia em março, juntando-se ao êxodo de outras marcas ocidentais icônicas, incluindo o McDonalds, em meio a sanções pelo conflito na Ucrânia.

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
Coca-Cola é ‘toda química’ – Putin

A Coca-Cola operava 10 fábricas na Rússia, produzindo refrigerantes, incluindo Fanta, Sprite e Schweppes, juntamente com marcas locais como Bonaqua, Dobry, Moya Semya e Rich juice.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.