Mundo

Famílias do Reino Unido lutam para pagar contas de energia – pesquisa – CMIO

Uma nova pesquisa da Ipsos mostrou altos níveis de preocupação pública no Reino Unido sobre o aumento do custo de vida. Um em cada três britânicos disse que estava lutando para pagar suas contas de energia, e isso foi antes do recém-anunciado aumento de 80% no preço máximo.

De acordo com o estudo, realizado entre 22 e 24 de agosto, uma em cada dez pessoas achou “muito difícil” para arcar com os preços da energia nos últimos três meses e dois em cada dez acharam “bastante difícil”. Famílias com crianças foram particularmente afetadas.

O estudo diz que muitas pessoas estão tomando medidas para lidar com os custos crescentes.

“Desde o início do ano, é mais provável que as pessoas tenham começado a socializar menos (54%), mudaram seu supermercado regular para uma alternativa mais barata (49%) ou dirigiram menos (48%) em resposta”, disse. disse o relatório.

Outras medidas populares incluem não ligar o aquecimento quando normalmente (47%) e usar sites de comparação de preços para encontrar fornecedores de energia mais baratos (43%).

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
Contas de energia do Reino Unido aumentam 80%

O estudo também descobriu que quase nove em cada dez desligam as luzes ao sair de uma sala pelo menos uma vez por semana, enquanto três quartos desligam os aparelhos elétricos quando não estão em uso. Cerca de dois em cada três estão usando menos água quente pelo menos uma vez por semana e metade não está ligando o aquecimento quando normalmente teria pelo menos uma vez por semana, escreveu Ipsos.

Enquanto isso, na sexta-feira, o regulador do governo Ofgem anunciou que os lares britânicos verão os preços da energia aumentarem 80% a partir de outubro, com o limite de preço anual definido para aumentar do nível atual de £ 1.971 (US $ 2.323) para £ 3.549 (US $ 4.183).

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.