Mundo

Agência diz que bombardeio israelense na Síria destruiu armazém com mais de 1.000 mísseis


O ataque aéreo na quinta-feira (25) na cidade síria de Masyaf, atribuído a Israel, atingiu um armazém de mísseis contendo mais de mil mísseis fabricados no Irã, informou o SOHR neste sábado (27).
O armazém no complexo do Centro de Pesquisa Sírio, de acordo com a denúncia, armazenava milhares de mísseis de médio alcance montados sob a supervisão de “oficiais especialistas” do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês).
Os sistemas de defesa aérea sírios foram ativados na última quinta-feira (25), e o major-general Oleg Yegorov, vice-chefe do Centro Russo de Reconciliação para a Síria, confirmou que caças F-16 israelenses dispararam ao menos quatro mísseis contra o Centro de Pesquisa Sírio.
Panorama internacional

Caça F-16 de Israel bombardeia universidade na Síria

De acordo com o relatório do SOHR, 14 civis sírios sofreram ferimentos com vários níveis de gravidade durante o ataque aéreo de Masyaf. Além disso, vários incêndios ocorreram em áreas ao redor de Masyaf devido a estilhaços das explosões do armazém, com casas civis próximas e propriedades sofrendo danos materiais.
De acordo com relatos publicados pelo jornal Jerusalem Post, explosões secundárias continuaram por horas após os ataques. Os moradores locais foram instruídos a se abrigar no local até que os incêndios fossem controlados.
Israel expandiu no ano passado seus alvos em toda a Síria, onde milhares de milícias apoiadas pelo Irã estiveram envolvidas na recuperação de grande parte do território perdido pelo presidente sírio Bashar al-Assad para os insurgentes.
A Síria conclamou a Organização das Nações Unidas e o seu Conselho de Segurança a emitir uma condenação clara e explícita das agressões israelenses em seu território como uma violação deliberada da soberania de um Estado membro das Nações Unidas.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.