Mundo

Inflação na zona do euro deve bater recorde de 8,9% em julho, dizem analistas


“Amanhã vão sair os números da inflação na Europa e a expectativa é de outro salto, desta vez para 8,9% em relação à manchete de 8,6% do mês passado, com o Índice de Preços ao Consumidor [IPC] esperado para aumentar para 4% em relação à impressão de 3,7% do mês passado”, disse o estrategista sênior James Stanley na quarta-feira (17).
Os dados oficiais vão ser publicados pelo escritório de estatística da União Europeia (UE), o Eurostat, ainda nesta quinta-feira (18).
Os dados estatísticos dos EUA também vão ser divulgados no final do dia, incluindo dados sobre o número de pedidos iniciais de subsídio de desemprego ao longo da semana até o último sábado (13) e transações de habitação no mercado secundário no país.
Desde 2021, os preços da energia na Europa vêm crescendo como parte de uma tendência global. A inflação acelerou em toda a zona do euro desde o início do ano, passando de 5,9% em fevereiro para 8,6% em junho e 8,9% em julho, segundo o Eurostat.
Após o início da operação militar especial da Rússia na Ucrânia e da adoção de vários pacotes de sanções contra Moscou pela UE, os preços dos combustíveis e alimentos aumentaram vertiginosamente, levando muitos governos europeus a recorrer a medidas de contingência.
Panorama internacional

Estimativa da inflação na zona do euro sobe para 8,6%, diz União Europeia



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.