Mundo

Alemanha emite alerta de energia — CMIO

As reservas de gás natural durarão menos de três meses se a Rússia cortar o fornecimento, disse o regulador

O regulador de energia da Alemanha alertou que o país terá dificuldades para ter gás natural suficiente para passar o próximo inverno, mesmo que as reservas sejam aumentadas de acordo com as metas do governo, informou a Bloomberg na quarta-feira.

A Federal Network Agency diz que os locais de armazenamento de gás natural estão atualmente 77% cheios, duas semanas antes do previsto. No entanto, de acordo com o regulador, a meta de estar 85% cheio até outubro pode ser desafiadora, levando em consideração o risco de um outono mais frio que o normal e a chance de novas interrupções no fornecimento.

Observou ainda que a meta de novembro de 95% parece “difícil de alcançar” porque alguns locais de armazenamento exigem mais tempo para serem preenchidos. Mesmo que essa meta seja atingida, cobriria menos de três meses de aquecimento, demanda industrial e de energia, caso a Rússia corte completamente o fornecimento de gás, alertou a FNA.

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
Indústria alemã em risco à medida que o Reno seca – AP

“Não posso prometer que todas as instalações de armazenamento na Alemanha estarão 95% cheias em novembro, mesmo sob boas condições de oferta e demanda”, disse o presidente da FNA, Klaus Mueller. “No melhor cenário, três quartos deles atingirão a meta.”

O governo alemão, que está correndo para preencher seus estoques de inverno, também pediu às empresas e cidadãos que reduzam o consumo, alertou sobre o racionamento de energia e esta semana impôs uma taxa sobre o uso de gás.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.