Mundo

Salários reais caem no Reino Unido — CMIO

Os salários reais na Grã-Bretanha, após contabilizar a inflação, caíram 3% ao ano no período de abril a junho, mostram dados do Escritório de Estatísticas Nacionais do Reino Unido (ONS) divulgados na terça-feira.

“O valor real da remuneração continua caindo. Excluindo os bônus, ainda está caindo mais rápido do que em qualquer momento desde que os registros comparáveis ​​começaram em 2001”, Darren Morgan, diretor de estatísticas econômicas do ONS, conforme citado pela CNBC.

Segundo o ONS, o salário médio, excluindo bônus, cresceu 4,7%. No entanto, o custo de vida praticamente apagou o efeito desses ganhos no poder de compra, tendo disparado durante este período devido aos maiores custos de energia e alimentação.

A inflação no Reino Unido subiu para uma alta de 40 anos de 9,4% em junho, e especialistas prevêem que crescerá acima de 13% em outubro. Em um relatório publicado na semana passada, o Trades Union Congress (TUC) disse que os aumentos salariais no país podem ficar atrás da inflação em quase 8%, o que seria a maior queda nos salários reais do Reino Unido em 100 anos.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.