Mundo

Rússia e Turquia chegam a acordo para abandonar o dólar no comércio — CMIO

A Rússia e a Turquia chegaram a um acordo de princípio para mudar alguns dos pagamentos do gás natural russo para rublos como parte do aprofundamento dos laços comerciais entre os dois países, anunciou o Ministério da Energia turco na quinta-feira.

A medida para evitar pagamentos em dólares americanos ajuda os dois países. A Rússia chamou a moeda “tóxico,” como as sanções ocidentais dificultam a realização de transações. Também ajuda a Turquia a proteger suas reservas cada vez menores de moeda forte.

Na semana passada, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan confirmou que Ancara começaria a pagar por algumas importações de gás natural da Rússia em rublos após várias horas de conversas com seu colega russo Vladimir Putin em Sochi.

As duas nações também assinaram um roteiro de cooperação econômica que prevê elevar o faturamento do comércio bilateral para US$ 100 bilhões por ano. Os presidentes também discutiram uma ampla gama de questões, incluindo as exportações de grãos da Ucrânia.

No início deste mês, Putin disse que os países da UE deveriam ser gratos à Turquia por garantir um fornecimento confiável de gás russo ao bloco através do gasoduto TurkStream.

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
Putin diz que UE deveria agradecer à Turquia

Os acordos ocorrem em meio a sanções ocidentais sem precedentes à Rússia por sua operação militar na Ucrânia. A Turquia se recusou a aderir às sanções e, em vez disso, pressionou por negociações de trégua entre Moscou e Kiev.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.