Mundo

AIE não espera mais queda na produção de petróleo na Rússia em 2022, diz relatório


“Revisamos nossa previsão de produção em 380 kb/d [mil barris por dia] para o resto do ano, supondo que as exportações de produtos não diminuirão até o início oficial do embargo da União Europeia [UE] para importações de produtos refinados russos em fevereiro de 2023”, diz o relatório.
A AIE acredita que uma produção média anual de hidrocarbonetos líquidos na Rússia (petróleo e condensado) vai chegar a 10,86 milhões de barris por dia em 2022, o que é “estável em relação a 2021”.
As expectativas da agência para a produção de petróleo e condensados na Rússia por um mês não se tornaram realidade mais uma vez – em vez do declínio previsto em julho, a produção aumentou em cerca de 25 mil barris por dia para 11,09 milhões de barris por dia. Isso é apenas 310 mil barris por dia abaixo do nível anterior ao início da operação militar especial da Rússia na Ucrânia.
“Embora o embargo da UE às importações de petróleo e produtos russos, que entra em vigor em fevereiro de 2023, deva resultar em mais quedas, alguns formuladores de políticas sugeriram um possível abrandamento das medidas. Isso nos levou a revisar os volumes russos do segundo semestre de 2022 em mais 500 kb/d e fazer um ajuste para cima de 800 kb/d para 2023″, acrescentou a agência.
Bangladesh pode importar petróleo da Rússia e contornar sanções, diz embaixador



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.