Mundo

Taiwan elogia a ‘coragem’ de Pelosi — CMIO

A líder de Taiwan elogiou a presidente da Câmara dos EUA por seu apoio inabalável à ilha

Em meio a protestos ferozes de Pequim, a presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, reiterou a solidariedade de Washington com Taiwan e o compromisso de proteger a democracia no território autônomo, durante uma reunião na quarta-feira com a líder da ilha, Tsai Ing-wen.

“A coragem e as ações do orador são profundamente inspiradoras e tocantes”, Tsai disse, de acordo com o South China Morning Post, ao entregar a Pelosi um dos maiores prêmios civis da ilha – a Ordem das Nuvens Propícias com Grande Cordão Especial – por sua posição firme em “salvaguardar a liberdade, a democracia e os direitos humanos”.

Aceitando o prêmio, Pelosi disse que Washington “não abandonará nosso compromisso com Taiwan”, enquanto elogia Tsai como um modelo “mulher presidente em uma das sociedades mais livres do mundo.”

Por sua vez, Tsai prometeu continuar a ser um parceiro confiável dos EUA e “Apoiar firmemente a soberania de nossa nação e continuar a manter a linha de defesa da democracia ao mesmo tempo.”

A cerimônia ocorreu logo após Pelosi realizar uma reunião a portas fechadas com o vice-presidente Tsai Chi-chang e outros membros do parlamento de Taiwan.


'Viemos em paz' ​​– Pelosi a Taiwan

A visita da terceira figura do governo dos EUA à ilha, que a China considera parte inalienável de seu território, provocou uma dura reação do continente.

Depois que Pelosi desembarcou na terça-feira, o Ministério das Relações Exteriores da China disse que a viagem teria um “severo impacto na base política das relações China-EUA” e “viola seriamente a soberania e a integridade territorial da China”. O ministério também convocou o embaixador americano Nicholas Burns para apresentar um protesto oficial, alertando que Washington “pague o preço.”

Enquanto isso, o Ministério da Defesa chinês anunciou uma série de exercícios militares e exercícios de tiro real em seis grandes áreas marítimas e seu espaço aéreo ao redor de Taiwan.

Pelosi é o primeiro orador da Câmara ou dos Representantes dos EUA a visitar Taiwan em mais de duas décadas. Taiwan, que se autodenomina oficialmente República da China (ROC), é autogovernada desde a década de 1940, mas nunca declarou oficialmente a independência de Pequim.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:



Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.