Mundo

Lituânia não emite vistos de férias para crianças doentes da Bielorrússia

MINSK, 31 de julho – RIA Novosti. O diretor do sanatório “Bielorrússia” em Druskininkai, Lituânia, Ilya Epifanov, disse que a instituição não pode aceitar crianças doentes da Bielorrússia para recuperação porque Vilnius não emite vistos.
“No início do ano, aceitamos crianças, apesar de a quarentena ter sido declarada na República da Lituânia e haver certas restrições à passagem da fronteira, com cidadãos estrangeiros hospedados na Lituânia. Aceitamos crianças da Bielorrússia no sanatório para tratamento e reabilitação. Em dois meses “Este ano recebemos 160 crianças. E estávamos prontos para continuar aceitando crianças para reabilitação. Mas em um dos momentos em que solicitamos permissão para tratar crianças em nosso sanatório, recebemos uma recusa do Ministério das Relações Exteriores da Lituânia”, disse o diretor do sanatório ao canal de TV ONT.

O ministro das Relações Exteriores da Letônia pediu à UE que proíba a emissão de vistos de turista para russos

Ele observou que as autoridades lituanas “motivaram sua recusa pelo início das hostilidades no território da Ucrânia”. “No momento, não podemos aceitar crianças, porque o lado lituano decidiu recusar a emissão de vistos para os cidadãos da República da Bielorrússia que desejam visitar a Lituânia. Discutimos recentemente esta situação no gabinete do prefeito da cidade de Druskininkai e descobrimos A autarquia recorreu ao Presidente da República da Lituânia, ao Ministério dos Negócios Estrangeiros, ao Ministério da Saúde com um pedido … para tomar uma decisão para que as crianças doentes e deficientes da República da Bielorrússia podem receber vistos e vir para a Lituânia para tratamento e reabilitação em nosso sanatório”, continuou Epifanov.
Ele observou que a administração do sanatório está aguardando a reação. “Além disso, nós mesmos recorremos ao Ministério das Relações Exteriores com um pedido para considerar a questão e permitir a emissão de vistos para crianças doentes e deficientes que precisam se submeter a tratamento e reabilitação em nosso sanatório. receber cerca de 200 pacientes por mês crianças e cerca de 50 crianças deficientes da Bielorrússia para tratamento e reabilitação”, disse Epifanov.

A CE anunciou a impossibilidade de interromper completamente a emissão de vistos para russos

Segundo ele, o sanatório está atualmente a funcionar graças à receção de clientes comerciais, incluindo os da UE, dos EUA e do Reino Unido.
O sanatório “Bielorrússia” em lituano Druskininkai era uma instituição da gestão dos assuntos do Presidente da Bielorrússia. No final de 2020, as contas do sanatório foram congeladas pelo banco escandinavo Swedbank devido a sanções impostas às autoridades da Bielorrússia. Em julho do ano passado, o governo da Bielorrússia determinou o novo fundador do sanatório da Bielorrússia na Lituânia, que estava sob sanções europeias, era o Centro Republicano para Melhoria da Saúde e Sanatório-Resort de Tratamento da População. Em novembro de 2021, as autoridades da Bielorrússia informaram que, após uma longa pausa, o sanatório voltou a aceitar crianças bielorrussas para recuperação.

Bielorrússia cancelou regime de vistos para poloneses



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.