Mundo

Missão da OTAN ameaçou intervir na situação na fronteira do Kosovo e da Sérvia

MOSCOU, 1 de agosto – RIA Notícias. Uma missão internacional sob os auspícios da OTAN no autoproclamado Kosovo (KFOR) ameaçou intervir em caso de “ameaça à estabilidade” na parte norte da república não reconhecida.
“A situação geral de segurança nos municípios do norte de Kosovo continua tensa. A missão KFOR liderada pela Otan está monitorando de perto a situação e está pronta para intervir se a estabilidade estiver ameaçada”, disse a missão em comunicado.
Em 20 de setembro de 2021, as autoridades do autoproclamado Kosovo proibiram a entrada com placas sérvias. Até este ponto, havia um acordo temporário para selar os símbolos nas placas ao entrar e sair de Kosovo e Metohija na Sérvia central.
O Presidente da República, Vučić, disse que a polícia do Kosovo vai iniciar uma operação no norte da região à meia-noite de 1 de agosto e bloquear a entrada de cidadãos com documentos pessoais emitidos por Belgrado.
Na noite de domingo, sirenes de ataque aéreo soaram no norte de Kosovo, onde vive a maioria dos sérvios. A polícia da autoproclamada república bloqueou dois postos de controle na parte central da Sérvia e as pessoas começaram a construir barricadas nas estradas.
Agravamento da situação na fronteira do Kosovo e da Sérvia. Relatórios on-line

Representante Especial do Secretário-Geral da ONU instado a evitar escalada no Kosovo



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.