Mundo

EUA: Câmara aprova projeto de lei que proíbe vários tipos de armas semiautomáticas


A Câmara dos Representantes dos EUA aprovou nesta sexta-feira (29) a proibição de vários tipos de armas semiautomáticas. A votação do projeto é uma resposta direta aos ataques a tiros em massa, nos quais geralmente são usadas armas semiautomáticas de alta potência.
O projeto revive a proibição desse tipo de armamento feita em 1994, e revertida uma década depois. O projeto de lei foi apresentado pelo deputado David Cicilline, do Partido Democrata, legenda que tem entre suas bandeiras uma maior restrição ao acesso às armas.
O placar da votação do projeto de lei foi apertado, com 217 votos a favor da proibição e 213 contra. Quase todos os representantes republicanos votaram contra a proposta. Em discurso na votação, a presidente da Câmara, a deputada democrata Nancy Pelosi, saudou a proibição antiga, afirmando que ela “salvou vidas”.
Panorama internacional

Mais um tiroteio nos EUA: 2 policiais baleados na Filadélfia durante festa de 4 de Julho (VÍDEOS)

Ao saber da aprovação, o presidente americano, Joe Biden, elogiou o resultado, afirmando se tratar de “uma ação de bom senso, que tem o apoio da maioria da população americana”. Ele exortou o Senado a agir rapidamente para trazer o projeto de lei para sua mesa para ser sancionado. Porém, a expectativa é que o debate do projeto de lei fique estagnado no Senado, onde democratas e republicanos dividem os 50 assentos.
O projeto de lei vem em um momento que se intensificaram os ataques em massa com uso de armas de fogo nos EUA, despertando alerta sobre a violência e a necessidade de um maior controle sobre armas de fogo no país.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.