Mundo

EUA devem assumir 'todas as consequências' se Pelosi visitar Taiwan, adverte China


Pequim tem deixado muito clara a sua posição de rejeição à viagem da legisladora dos EUA ao território taiwanês. Desta vez foi a chancelaria da China que lançou um novo alerta sobre uma possível escalada do conflito entre Washington e Pequim.

“O lado chinês tem expressado repetidas vezes à parte norte-americana a nossa profunda preocupação com a possível visita de Pelosi a Taiwan e a nossa forte oposição à mesma. Se os Estados Unidos desafiarem a linha vermelha da China, enfrentarão com medidas decididas. Os EUA deverão assumir todas as consequências daí decorrentes”, disse Zhao Lijian.

Desta forma, as tensões diplomáticas entre os dois países são exacerbadas em meio a uma série de movimentos militares realizados por ambas as partes.
Panorama internacional

Em ligação com Biden, Xi cita Taiwan e alerta que ‘aqueles que brincam com fogo só se queimam’

Por fim, o diplomata chinês observou que “pessoas com perspicácia, dentro e fora dos EUA, viram um perigo real e falaram sobre ele” no contexto da viagem de Pelosi.
Em 26 de julho, o porta-voz do Ministério da Defesa da China, Tan Kefei, advertiu que o Exército do país não ficará de braços cruzados se a presidente da Câmara de Representantes dos EUA visitar Taiwan.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.