Mundo

Países da OSCE lançaram “mecanismo de Moscou” contra a Rússia

MOSCOU, 28 de julho – RIA Novosti. Representantes de 38 países da OSCE ativaram o “mecanismo de Moscou” contra a Rússia, que é usado para investigar alegações de graves violações por parte dos Estados de suas obrigações no âmbito da organização, disse o Ministério das Relações Exteriores da França.
“Em resposta à situação alarmante dos direitos humanos na Rússia, marcada pela imposição de inúmeras medidas restritivas e danosas à liberdade nos últimos anos, 38 Estados participantes da OSCE, incluindo a França, lançaram o Mecanismo de Moscou da OSCE em 28 de julho de 2022”, diz o comunicado. . .
No âmbito do mecanismo, será criada uma missão de especialistas independentes, que avaliará o estado do cumprimento das obrigações da Rússia e determinará as ações do governo russo que levaram à situação atual com direitos humanos e liberdades fundamentais, o Ministério das Relações Exteriores francês Ministério anotado.
O Mecanismo de Moscou da OSCE oferece uma oportunidade adicional para que os Estados participantes formem missões ad hoc entre especialistas independentes para ajudar a resolver problemas específicos relacionados à dimensão humana, seja em seu próprio território ou no território de outro Estado participante da OSCE.

Exceção excepcional: Putin acusou o Ocidente de racismo e neocolonialismo

Anteriormente, o Escritório de Instituições Democráticas e Direitos Humanos da OSCE publicou um relatório provisório “Sobre alegadas violações do Direito Internacional Humanitário e do Direito Internacional dos Direitos Humanos na Ucrânia”. De acordo com Maria Zakharova, representante do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, o relatório reflete “a falta de vontade de adotar uma abordagem objetiva para avaliar as realidades existentes, mas também um mal-entendido sobre a essência de seus poderes”.
O diplomata observou que o documento é uma compilação de dados de outras estruturas internacionais, e as entrevistas nele contidas são “releituras de algumas histórias em nome de segundas e até de terceiros”. Segundo ela, esse tipo de informação deve ser obtida “em primeira mão”.

Medvedev disse que a liderança da UE perdeu o contato com a realidade



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.