Mundo

McDonald’s revela custo da saída da Rússia — CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






A rede de restaurantes fast-food McDonald’s registrou queda de 3% na receita no primeiro semestre deste ano, em parte devido à sua saída do mercado russo.

De acordo com o último relatório corporativo da empresa, “encargos antes de impostos relacionados à venda dos negócios da Empresa na Rússia” totalizou US$ 1,3 bilhão nos primeiros seis meses deste ano.

O McDonald’s fechou temporariamente restaurantes na Rússia em março, juntando-se a um êxodo de empresas estrangeiras após as sanções ocidentais. Os restaurantes permaneceram fechados durante a venda da empresa para um comprador local em meados de junho. “Para garantir uma transferência bem-sucedida do negócio na Rússia para um comprador, a Empresa continuou a pagar os funcionários e efetuar pagamentos de arrendamento até a data do contrato de venda assinado”, disse o McDonald’s.


Coca-Cola é 'toda química' - Putin

A gigante global de hambúrgueres, que tinha mais de 800 filiais na Rússia, vendeu seus ativos para o empresário Alexander Govor, dono de uma franquia da empresa, por um valor não divulgado, que, segundo ele, foi muito inferior ao preço de mercado.

Desde então, os restaurantes reabriram na Rússia sob a marca Vkusno i Tochka ou Just Tasty.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.