Mundo

No Reino Unido confessam que têm escondido avanços russos na Ucrânia


Segundo Liddle, a mídia ocidental está tentando exagerar as capacidades de combate do Exército ucraniano.

“Os grandes avanços dos russos são cobertos de forma muito mais modesta”, salientou Liddle.

O colunista verificou uma tendência: quanto mais êxitos a Rússia obtém na Ucrânia, mais a mídia ocidental chama atenção para as “atrocidades” imaginárias dos militares.
“Tais mensagens aparecem nos títulos mais divulgados, deformando a imagem real da situação no campo de batalha […] O problema é que também não nos dizem a verdade. Cada declaração de um político ucraniano, por muito absurda que seja, é aceita por nós como verdadeira”, acredita o jornalista.
Liddle acrescentou que a visão do Ocidente está muito longe de ser imparcial, sendo formada pela vontade de apresentar o que se deseja como realidade.
Panorama internacional

Moscou exigirá que chefe da ONU se posicione sobre crianças listadas em site neonazista

A partir de 24 de fevereiro, a Rússia tem conduzido uma operação especial de desnazificação e desmilitarização da Ucrânia que, segundo o presidente russo Vladimir Putin, visa defender as pessoas que ao longo de oito anos têm sofrido intimidações e genocídio por parte das autoridades de Kiev. De acordo com Putin, o objetivo final da operação é libertar Donbass e criar condições que garantam a segurança da Rússia.
As forças aliadas já libertaram por completo a República Popular de Lugansk e uma grande parte da República Popular de Donetsk, incluindo tais cidades como Volnovakha, Mariupol e Svyatogorsk.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.