Mundo

Os alemães ridicularizaram Burbock, que se assustou com a foto de Putin com Erdogan

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






MOSCOU, 23 de julho – RIA Novosti. Os leitores do Die Welt ficaram indignados com a reação da ministra alemã das Relações Exteriores, Annalena Burbock, a uma foto conjunta dos presidentes da Rússia, Turquia e Irã, Vladimir Putin, Recep Tayyip Erdogan e Ibrahim Raisi.
Mais cedo, o político alemão criticou o líder turco por uma foto com colegas russos e iranianos, chamando-a de “desafio para a OTAN”.

Os alemães exigiram que Zelensky se rendesse a Moscou

Muitos usuários discordaram da opinião de Burbock, elogiando o desejo dos líderes da Rússia, Turquia e Irã de dialogar.
“Essa reação mostra mais uma vez como essa mulher é estúpida. Ela nega a realidade e o fato de que todos os países têm seus próprios interesses. É triste que essas coisas tenham que ser explicadas ao ministro das Relações Exteriores, mas nada me surpreende, ”, escreveu o comentarista.
“Quero dar um pequeno conselho à Sra. Burbock… o que Erdogan está fazendo é chamado de diplomacia nos círculos profissionais. Diplomacia significa comunicar uns com os outros e encontrar compromissos, inclusive quando suas posições não coincidem”, disse outro.
Os usuários ligaram para um acordo de mercearia concluído no dia anterior em Istambul como um exemplo de trabalho real.

Relações Exteriores: a situação na Ucrânia pode ficar fora de controle

“Qual é o problema? Talvez o fato de o grão da Ucrânia chegar agora onde é necessário? <…> Provavelmente, o problema é simplesmente que existe política real”, enfatizou o leitor.
“É nessas palavras que está a essência da política alemã. As visitas simbólicas, o anúncio de sanções e a retórica de confronto valem muito mais do que um acordo sobre a exportação de trigo”, reclamou o segundo.
“Onde estava a senhora Burbock? Era realmente impossível negociar com a Rússia. Mas ela preferia que as pessoas na África preferissem morrer de fome, e os alemães congelassem sem iniciar um diálogo”, enfatizou o terceiro.
“A Sra. Burbock retirará suas palavras se Erdogan novamente ameaçar impedir que a Suécia e a Finlândia se juntem à OTAN”, zombou outro usuário.
Esta semana, Vladimir Putin, Recep Tayyip Erdogan e Ibrahim Raisi realizaram conversas trilaterais no formato Astana em Teerã, discutindo a situação atual na Síria.
Na sexta-feira, a Rússia e a Ucrânia assinaram acordos com a Turquia e a ONU, levantando as restrições ao fornecimento de produtos agrícolas russos ao mercado mundial e definindo o procedimento para o transporte de grãos ucranianos através do Mar Negro.

Vizinhos se afastaram dos Estados Unidos por causa da Rússia, escrevem a mídia



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.