Mundo

Em resposta à decisão de Kiev, Síria rompe relações diplomáticas com Ucrânia

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







“A Síria decidiu romper as relações diplomáticas com a Ucrânia, com base no princípio da reciprocidade e em resposta à decisão de Kiev”, disse a mídia citando uma fonte do Ministério das Relações Exteriores do país.
Damasco acredita que Kiev já havia rompido relações em 2018, quando se recusou a conceder vistos a diplomatas sírios no país.

“Como consequência desta medida, os diplomatas ficaram impossibilitados de realizar seu trabalho e as atividades da embaixada foram suspensas devido à postura hostil das autoridades ucranianas e sua obediência cega às políticas ocidentais e americanas em relação à Síria”, disse a fonte à agência de notícias SANA.

Em 29 de junho, o Ministério das Relações Exteriores da Síria anunciou que o país árabe havia decidido reconhecer a independência das Repúblicas Populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL).
Em resposta, em 30 de junho, o Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia anunciou o rompimento das relações diplomáticas com a Síria sem interromper as relações consulares. A agência alegou que Kiev vê as ações de Damasco como uma tentativa de afetar a integridade territorial da Ucrânia e anunciou que iniciou o procedimento para impor um embargo comercial e sanções contra pessoas jurídicas e pessoas físicas sírias.
Panorama internacional

Putin: Rússia, Irã e Turquia adotam declaração conjunta sobre a Síria após cúpula ‘construtiva’



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.