Mundo

EUA buscam expulsar Rússia do mercado alimentar, diz embaixada russa em Washington

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







Segundo a nota da embaixada, as acusações contra a Rússia não têm nenhum fundamento, visto que o país não impede de forma alguma as exportações de alimentos e que toda a responsabilidade pelos problemas alimentares cabe à Ucrânia, que minou os seus portos.
“Consideramos tais declarações como evidência dos esforços dos EUA de reorganizar o mercado agroindustrial mundial, implicando a expulsão da Rússia da esfera do comércio de alimentos”, indica o comunicado.
Panorama internacional

Situação em torno de grãos da Ucrânia está sendo inflada artificialmente, diz Putin

Além disso, a missão diplomática salientou que os importadores de alimentos têm tido dificuldades significativas em obter produtos agrícolas devido às sanções dos Estados Unidos.
“Washington está utilizando ativamente as sanções unilaterais ilegítimas que têm por objetivo bloquear a interação comercial e econômica do nosso país com o mundo exterior. Os EUA estão dispostos a interromper ainda mais as cadeias de suprimento”, diz a nota.
As Nações Unidas têm avisado várias vezes que existe a ameaça de uma crise alimentar por os cereais da Ucrânia não poderem chegar aos mercados globais, sendo a Ucrânia um dos maiores exportadores de produtos agrícolas no mundo.
Kiev e os seus aliados acusam a Rússia, que segue conduzindo desde 24 de fevereiro sua operação militar no país vizinho, de estar bloqueando as exportações de grãos a partir dos portos ucranianos. Moscou, por sua vez, recusa as acusações, alegando que as exportações da Ucrânia por via marítima se encontram paralisadas por Kiev ter minado os portos do país.
O secretário-geral da ONU, António Guterres, discursa durante a Assembleia Geral da organização, em Nova York, 23 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 13.07.2022

Panorama internacional

Guterres diz que negociações sobre exportação de grãos ucranianos avançou: ‘Passo crucial adiante’



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.