Mundo

O que o bloqueio de Kaliningrado significa para a Rússia — CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






O trânsito de algumas mercadorias pela Lituânia foi bloqueado, levantando preocupações sobre a escassez no enclave da Rússia

A Lituânia bloqueou o trânsito ferroviário de algumas mercadorias russas para a região de Kaliningrado do país no sábado. Vilnius explicou o movimento afirmando que as mercadorias em questão foram sancionadas pela UE em conexão com o conflito na Ucrânia e, portanto, não podem mais passar pelo território do bloco, mesmo que viajem de uma parte da Rússia para outra.

  1. Por que isso é importante? A região de Kaliningrado é um enclave russo, imprensado entre a Polônia e a Lituânia ao longo da costa do Báltico. A sua posição no coração da Europa permite-lhe entregar facilmente mercadorias russas para qualquer parte da UE. Como um território que pertence à Rússia, mas está geograficamente separado do resto do país, deve ser concedido acesso total à Rússia “continental” de acordo com o direito internacional. Portanto, alguns analistas sugerem que o movimento da Lituânia para bloquear o acesso da Rússia ao seu próprio território poderia, até certo ponto, ser considerado um ‘casus belli’ – uma causa para a declaração de guerra.
  2. Por que a Lituânia bloqueou o trânsito?De acordo com autoridades lituanas, a decisão foi tomada após a aprovação da Comissão Europeia, o principal órgão de governo da UE. Muitos países, incluindo estados membros da UE, impuseram sanções abrangentes à Rússia em resposta à sua operação militar na Ucrânia no final de fevereiro. O bloco, entre outras coisas, proibiu a entrada de vários produtos russos. O movimento de Vilnius supostamente visa impor essas proibições.
  3. O trânsito de todas as mercadorias está bloqueado?Não, apenas as mercadorias sancionadas por Bruxelas tiveram sua passagem negada. Entre eles estão petróleo bruto e derivados, carvão, metais, materiais de construção, tecnologia avançada, vidraria, alguns alimentos e fertilizantes, além de álcool. Segundo o governador da região, Anton Alikhanov, a proibição significa que até 50% de todas as mercadorias destinadas a Kaliningrado podem ser bloqueadas.
  4. O bloco pode resultar em desabastecimento na região?Não necessariamente, pois a passagem pelo Mar Báltico ainda está aberta para uso da Rússia. De acordo com autoridades locais, assim como os chefes da maioria das redes de varejo, a região está bem abastecida com alimentos e suprimentos e não sofreria contratempos nas entregas por três a seis meses. Uma porção significativa de carne, laticínios e peixes é produzida localmente e, de acordo com a chefe de seu principal porto, Elena Zaitseva, Kaliningrado chegou a exportar milho, trigo e colza nos últimos anos.
  5. Existe uma ameaça ao turismo/tráfego de passageiros?Nenhuma ameaça por enquanto. Enquanto os trens de passageiros da Rússia continental para Kaliningrado através da Lituânia foram interrompidos no início de abril, quatro grandes companhias aéreas russas mantêm voos Moscou-Kaliningrado. Balsas marítimas também estão disponíveis, enquanto os relatórios afirmam que as autoridades russas estão atualmente trabalhando no lançamento de rotas marítimas de passageiros através do Báltico.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.