Mundo

Satélites americanos fotografaram ilha Zmeiny dias antes do ataque ucraniano


Assim, o satélite Worldview-3 registrava a Zmeiny em 14 de junho, e o Worldview-1 em 17 de junho.
Conforme informou nesta terça-feira (21) o Ministério da Defesa da Rússia, as forças ucranianas realizaram ontem contra a ilha ataques aéreos e de artilharia, porém, a Defesa Antiaérea russa eliminou todos os alvos, derrubando 14 drones, quatro mísseis e um projétil Uragan. Depois disso, as tropas da Ucrânia desistiram do desembarque.
Não tendo conseguido capturar a ilha Zmeiny, os militares ucranianos atacaram com mísseis antinavio e um drone as plataformas de extração de gás Chernomorneftegaz, resultando no desaparecimento de sete pessoas.
A área das plataformas no mar Negro também foi registrada pelos satélites americanos uma semana antes do ataque.
Panorama internacional

MD russo: Ucrânia perde 4 aviões, 10 helicópteros e mais de 30 drones ao tentar capturar ilha Zmeiny

A Sputnik solicitou um comentário da empresa americana, operadora dos satélites comerciais Maxar Technologies, mas não recebeu resposta.
Washington repetidamente afirmou que presta a Kiev dados de inteligência. Enquanto isso, segundo relatos da mídia, o presidente americano Joe Biden não está contente com vazamentos à mídia sobre o assunto, uma vez que, na opinião dele, isso subestima o papel de Washington na situação em torno da Ucrânia.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.