Mundo

Partido de Macron perde maioria absoluta — CMIO

Agora será mais difícil para o governo do presidente francês aprovar leis

O partido do presidente francês Emmanuel Macron perdeu a maioria absoluta no parlamento após o segundo turno das eleições legislativas neste domingo.

De acordo com o Ministério do Interior, o Conjunto de Macron! (Juntos) a coalizão ganhou 245 assentos na Assembleia Nacional de 577 assentos, a câmara baixa do parlamento.

O bloco NUPES de esquerda de Jean-Luc Melenchon ficou em segundo lugar com 133 assentos, enquanto o Rally Nacional de direita garantiu 89 assentos.

Os aliados de Macron continuam sendo o maior grupo no parlamento, mas agora precisam da ajuda de outro partido para aprovar as leis.

Macron foi reeleito em abril, derrotando Marine Le Pen do Rally Nacional em um segundo turno.

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
Colômbia elege presidente de esquerda pela primeira vez

O presidente destacou a importância de manter a maioria absoluta antes do segundo turno da votação. “Nada seria pior do que nos perdermos na imobilidade, bloqueios e posturas” disse ele, conforme citado pela rádio France Info.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.