Mundo

França não recebe mais gás de gasoduto russo — CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






O fluxo de gás da Alemanha para a França foi interrompido, informou a operadora francesa de sistemas de transmissão de gás GRTgaz na sexta-feira, acrescentando que o país não recebe gás natural da Rússia através do gasoduto desde 15 de junho.

A operadora disse ainda que as instalações francesas de armazenamento de gás foram preenchidas para 56% da capacidade, acima dos 19% em meados de março, salientando que a França não enfrentará dificuldades em atender a demanda de verão pela fonte de energia.

No início desta semana, a gigante de energia russa Gazprom alertou que cortaria drasticamente suas entregas de gás para a Europa devido a questões técnicas decorrentes de sanções ocidentais. A empresa disse que a operadora alemã de equipamentos de energia Siemens Energy não conseguiu devolver unidades de bombeamento de gás reparadas para o gasoduto North Stream de uma instalação de manutenção no Canadá devido ao embargo do país à Rússia.


Outro comprador da UE diz que a Rússia reduziu o fornecimento de gás

A França recebe quase 17% de seu gás da Rússia por meio de conexões de rede com a Alemanha, que depende muito do fornecimento de energia russo. O corte nas entregas russas para a França segue cortes semelhantes no fornecimento da Gazprom para a Alemanha e Itália.

Os importadores europeus de gás russo condenaram o movimento da Gazprom como “político”dizendo que o Kremlin usa energia para punir os estados membros da UE por apoiarem a Ucrânia.

O fornecimento de gás russo para a Europa através do gasoduto Nord Stream foi reduzido em 60% esta semana, elevando os preços do combustível. Na quinta-feira, os preços do gás no atacado holandês, referência europeia, subiram para mais de US$ 1.500 por mil metros cúbicos pela primeira vez desde abril.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.