Mundo

Rússia alerta para potencial ‘desastre’ de gás para a Alemanha — CMIO

Outros problemas com unidades de bombeamento podem levar ao desligamento do gasoduto Nord Stream, diz Moscou

O embaixador da Rússia na UE, Vladimir Chizhov, alertou na quinta-feira que problemas de reparo nas turbinas de bombeamento do oleoduto Nord Stream podem resultar em uma paralisação completa do fornecimento de gás natural para a UE.

Tal cenário seria “um desastre para a Alemanha”, que tem um alto nível de dependência de entregas de gás através do gasoduto, disse ele à agência de notícias RIA Novosti no Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo (SPIEF).

O gasoduto Nord Stream reduziu os fluxos através do Mar Báltico para a Alemanha em cerca de 60% nesta semana, depois que a Siemens não devolveu turbinas de bombeamento que haviam sofrido reparos no Canadá, devido a sanções anti-Rússia.

O fornecimento de gás pelo gasoduto caiu de 167 milhões de metros cúbicos por dia para apenas 67 milhões de metros cúbicos.

“Devemos perguntar à Siemens, por que as unidades de bombeamento de gás devem passar por manutenção no Canadá”, Chizhov disse, acrescentando: “Não quero dar nenhum conselho, mas acho que eles já poderiam ter aprendido a consertar [turbines] eles mesmos.”

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
UE enfrenta outro corte no fornecimento de gás russo

Os preços do gás natural na Europa subiram para mais de US$ 1.500 por mil metros cúbicos na quinta-feira pela primeira vez desde abril, segundo dados da bolsa ICE de Londres.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.