Mundo

SPIEF para abordar oportunidades no mundo multipolar — CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






O evento internacional de quatro dias se concentrará em problemas que ofuscam a economia global

O 25º Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo (SPIEF), que começou na quarta-feira e vai até 18 de junho, reunirá delegações de alto escalão de mais de 40 países e verá centenas de novos acordos assinados, de acordo com o assessor presidencial russo Yury Ushakov.

Como nos anos anteriores, o programa de negócios se concentrará nas economias russa e global, questões sociais e tecnologia.

Uma das sessões abordará o abastecimento mundial de energia, o futuro dos hidrocarbonetos e fontes alternativas de energia e o papel da Rússia na garantia da segurança energética global.

Um total de 1.244 empresas russas e 265 empresas estrangeiras confirmaram sua participação, segundo Ushakov. O funcionário disse que 4.188 jornalistas de 30 países se registraram no SPIEF.

O presidente russo, Vladimir Putin, discursará no fórum na sexta-feira, dando sua avaliação da situação política e da economia global. Grande parte de seu discurso será dedicado a estimular a atividade empresarial e fortalecer os laços de comércio exterior e investimento da Rússia.

“Certamente, o caso em questão serão os problemas enfrentados atualmente pela economia mundial em geral, concorrência desleal entre estados, guerras comerciais e financeiras, sanções, restrições e assim por diante.” disse Ushakov.

“O presidente compartilhará sua avaliação do modelo econômico multipolar e as oportunidades e perspectivas que ele apresenta para todo o mercado global”, disse. ele adicionou.


Rússia promete 'cuidar' de empresas estrangeiras

Os presidentes do Egito e do Cazaquistão participarão de uma sessão plenária com Putin na SPIEF. O líder russo também se reunirá com os presidentes da Armênia e do Cazaquistão.

Não haverá representantes oficiais de “estados hostis”, ou seja, países que impuseram sanções a Moscou, no evento econômico, segundo Ushakov, que observou que “A SPIEF abordará a situação de forma abrangente com pressão de sanções sobre a Rússia.”

O Egito tem o status honorário de país convidado, o que significa que o fórum apresentará programas empresariais e culturais com foco no Cairo.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.