Mundo

UE traça plano de backup se o embargo de petróleo falhar – mídia — CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






A UE está considerando impor tarifas de importação sobre o petróleo russo se algum membro do bloco se recusar a implementar os termos do embargo recém-anunciado ao petróleo do país, informou o FT na quarta-feira.

No início desta semana, os estados membros da UE chegaram a um acordo sobre a proibição parcial do petróleo russo do mercado do bloco. O embargo amortecido afetará cerca de 75% das importações de petróleo da Rússia, com essa porcentagem crescendo para 90% até o final do ano.

No entanto, a medida permite uma isenção temporária para o fornecimento de gasodutos, que foi introduzida para ganhar o apoio da Hungria e de outros países sem litoral que bloqueavam a proposta há cerca de um mês. A isenção supostamente não veio com nenhum prazo acordado, levantando preocupações de que Budapeste possa continuar importando petróleo russo pelo tempo que desejar.


UE concede isenções da proibição do petróleo russo

Para evitar esse cenário, a UE está buscando tarifas sobre as importações de petróleo russo se o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, não se comprometer com uma data limite, de acordo com um alto funcionário da Comissão Europeia, citado pela mídia.

A proposta de tarifas exigiria uma votação por maioria qualificada entre os 27 estados membros, em vez da unanimidade necessária para sanções normais, para que a Hungria não pudesse vetar a medida.

“A opção preferida é a proibição de importação”, o alto funcionário da comissão disse ao FT, acrescentando que as tarifas são um “possibilidade alternativa que podemos analisar”.

Se impostas, espera-se que as tarifas tornem o petróleo russo menos competitivo, potencialmente forçando Moscou a descontar seu petróleo ou a Hungria e outras nações a pagar mais.

O petróleo russo entregue através do oleoduto Druzhba para a Hungria, Eslováquia e República Tcheca é 20% mais barato do que as alternativas que outros estados membros têm que usar.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.