Mundo

O Conselho da Federação anunciou a crise da União Europeia após as palavras de Borrell sobre a Ucrânia

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






MOSCOU, 9 de abril – RIA Novosti. A declaração do alto representante da UE para Relações Exteriores, Josep Borrell, sobre a Ucrânia atesta a crise mais profunda na União Europeia, disse a senadora da Crimeia Olga Kovitidi à RIA Novosti.
Mais cedo, Borrell, comentando os acontecimentos na Ucrânia, escreveu em seu Twitter: “Esta guerra deve ser vencida no campo de batalha”. Em seu cargo, o chefe da diplomacia europeia também lembrou os 500 milhões de euros anteriormente alocados para o fornecimento de armas à Ucrânia.

Volodin pediu à UE que envie Borrell para renunciar por causa das palavras sobre a Ucrânia

“Tal declaração do chefe da diplomacia da UE atesta a mais profunda crise no poder político da organização“, disse Kovitidi. O senador russo ressaltou que tal posição não é consistente com os princípios democráticos fundamentais consagrados nos documentos estatutários da ONU e da OSCE.
No sábado, o presidente da Duma, Vyacheslav Volodin, disse que, após o desejo do público pela continuação das hostilidades na Ucrânia, Borrell deve ser demitido, seu dever é buscar uma solução por meio da diplomacia.
A Rússia lançou uma operação militar na Ucrânia em 24 de fevereiro. O presidente Vladimir Putin chamou seu objetivo de “a proteção de pessoas que foram submetidas a bullying e genocídio pelo regime de Kiev por oito anos”. Para isso, segundo ele, está prevista a “desmilitarização e desnazificação da Ucrânia”, para levar à justiça todos os criminosos de guerra responsáveis ​​por “crimes sangrentos contra civis” no Donbass. De acordo com o Ministério da Defesa russo, as Forças Armadas atacam apenas a infraestrutura militar e as tropas ucranianas e, em 25 de março, concluíram as principais tarefas da primeira etapa – reduziram significativamente o potencial de combate da Ucrânia. O principal objetivo do departamento militar russo foi chamado de libertação de Donbass.

Zakharova respondeu às palavras de Borrell sobre uma solução militar para o conflito na Ucrânia



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.