Mundo

Navios da OTAN entregaram equipamento militar à Estônia

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






LONDRES, 28 de março – RIA Novosti. Navios da OTAN entregaram equipamentos e equipamentos militares à Estônia para reabastecer o grupo de batalha da OTAN liderado pelos britânicos naquele país, o Ministério da Defesa britânico.
“Os navios da Marinha Real se juntaram aos navios, aeronaves e pessoal das seis nações da Força Expedicionária Conjunta (JEF) para apoiar a OTAN e fortalecer a segurança no Mar Báltico. Os navios Northumberland e Richmond se juntaram à fragata dinamarquesa Niels Juel e navios de guerra de Suécia, Estônia, Letônia e Lituânia para patrulhas marítimas nesta região estrategicamente importante Os navios da JEF têm escoltado navios de abastecimento dinamarqueses e britânicos que entregam equipamentos e equipamentos militares para reabastecer o grupo de batalha da OTAN liderado pelos britânicos na Estônia, onde tropas do Reino Unido e da Dinamarca servir lado a lado.” , disse o ministério em um comunicado.
Note-se também que navios e aeronaves realizaram uma série de exercícios conjuntos para “demonstrar e melhorar” sua compatibilidade.
A Força Expedicionária Conjunta (JEF) é uma coalizão formada pelo Reino Unido em 2014 que inclui navios das marinhas da Estônia, Holanda, Letônia, Lituânia, Noruega, Suécia, Finlândia e Dinamarca. A Islândia juntou-se no ano passado. Se necessário, a coalizão pode ser integrada à OTAN ou a qualquer outra estrutura de segurança internacional o mais rápido possível.

NATO considera medidas para apoiar países que possam ser “ameaçados” pela Rússia



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.