Mundo

Os preços do gás na Europa ultrapassaram US$ 1.800 por mil metros cúbicos

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






MOSCOU, 2 de março – RIA Novosti. O custo dos futuros de gás na Europa cresce quase 30% na quarta-feira e, pela primeira vez desde 23 de dezembro, ultrapassa US$ 1.800 por mil metros cúbicos, de acordo com a bolsa ICE Futures, com sede em Londres.
O custo dos futuros de abril no índice do hub europeu mais líquido TTF na abertura estava perto de US$ 1.500, depois as cotações caíram um pouco, após o que passaram para um crescimento constante. O preço máximo às 11h35, horário de Moscou, atingiu 1.866,3 dólares, 33% superior ao preço de liquidação do dia anterior – 1.396,5 dólares.
1º de fevereiro, 15:17 Infográfico

Gás russo na Europa: países líderes em termos de compras

infográficos

Veja

Os preços do gás na Europa mostraram forte volatilidade nos últimos dias. Mas, em geral, eles cresceram depois que o presidente russo, Vladimir Putin, assinou decretos em 21 de fevereiro reconhecendo a soberania das Repúblicas Populares de Donetsk e Luhansk, e em 24 de fevereiro a Rússia lançou uma operação militar especial para desmilitarizar a Ucrânia.
Se no início e meados de fevereiro os futuros eram negociados na faixa de 800-1030 dólares por mil metros cúbicos, no final do mês eles subiam acentuadamente de preço para 1650 dólares. Especialistas observaram que os preços do gás na Europa devido ao “prêmio militar” podem renovar seus máximos históricos.
Um aumento notável nos preços do gás na Europa começou na primavera, quando o preço à vista médio no índice do hub TTF flutuou na faixa de US$ 250-300 por mil metros cúbicos. No final do verão, o valor de um contrato com entrega “dia à frente” ultrapassava US$ 600, e no início de outubro já era de US$ 1.000. A alta histórica no mercado futuro de US$ 2.190 foi alcançada em 21 de dezembro de 2021.
Especialistas atribuíram esse aumento de preço a vários fatores: alta demanda por gás natural liquefeito (GNL) na Ásia, oferta limitada de grandes fornecedores e baixos níveis de ocupação do armazenamento subterrâneo europeu após um longo inverno frio e verão quente em 2021. Em seguida, as cotações diminuíram de forma corretiva, porém, em geral, não houve preços tão persistentemente altos em toda a história da operação dos hubs de gás na Europa – desde 1996.
26 de janeiro, 17:26 Infográfico

Quanto gás resta no armazenamento europeu

infográficos

Veja



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.