Manchetes

Parte da mídia brasileira já escolheu seu presidente

Levando em consideração a cobertura da Grande Mídia em tempos de eleição, a opção parece ser por um homem, mineiro -quase- carioca; 
 
É sabido que no Brasil não temos a tradição de linhas editoriais abertamente pró-candidatos; diferentemente dos EUA, onde o NYT declarou em 2008 voto em Barack Obama, aqui a Folha não declara voto mas faz de tudo para 'doar peso' para o candidato que lhe mais convier.
 
Neste dia 04, o UOL manipulou informações do Clarin e afirmou que Governo Brasileiro doou dinheiro para Cuba e agora o Puerto Mariel será liderado pelos EUA.
 
Com base em informações do Clarin, o UOL -braço da Folha- interpretou dados trazidos pelos argentinos como uma espécie de argumento eleitoral para sinalizar mais um possível erro de Dilma Roussef e Lula.
 
Definitivamente toda a matéria (Cuba Oferece aos EUA porto construído com dinheiro Brasileiro – de Leandro Mazzini) se tratou de uma grande manipulação ou equívoco, pois tergiversa sobre dados e contratos sigilosos. Outro ponto importante: em nenhum momento o Jornal Clarin afirmou nada acerca da linha adotada pelo UOL.
 
Seria mais construtivo se os jornais brasileiros assumissem postura de apoio -deliberado- sobre um determinado candidato.
 
 
 
Por GMSN
Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.