Manchetes

PSOL pede cassação da chapa de Lins

O PSOL de Osasco protocolou hoje, 30, pedido de cassação da chapa que elegeu Rogério Lins.

De acordo com o documento, a cassação seria necessária após as denúncias de irregularidades que levaram à prisão de 14 vereadores, e trouxe fatos novos.

Durante a campanha de Lins, funcionários denunciados na operação Caça Fantasmas doaram recursos.

Os comprovantes e os extratos bancários puderam ser comprovados por nossa reportagem.

Embora sejam consideradas doações legais, questiona-se a origem dos recursos. O esquema de corrupção que o MP apontou na Câmara Municipal de Osasco teria desviado 21 milhões de reais.

Além desses pontos, o documento trata sobre a função desempenhada por funcionários da Câmara durante a campanha do prefeito eleito.

A soltura de Lins desencadeou uma onda de críticas nas redes sociais e em grandes veículos  de comunicação.

Ele e mais treze vereadores da cidade permanecem investigados na Operação Caça  Fantasmas.

PlanetaOsasco.com

Img divulgada nas redes.




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.