Manchetes

Comércio de suspensões automotivas fatura alto com buracos de Osasco

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






M.M – O sucesso comercial de empresas idôneas é motivo de orgulho para uma cidade. No entanto, as quase 250 casas de manutenção de suspensões automotivas de Osasco chamam a atenção; tanto pela popularidade -semelhante às pizzarias de bairro-, quanto pelas filas.

O asfalto da cidade é o grande impulsionador desse tipo de negócio. Com 62km², Osasco possui uma malha viária caótica, marcada por dezenas de milhares de buracos –inclusive- nas vias mais movimentadas.

Uma das principais vias entre São Paulo, Carapicuíba e Barueri, o corredor Oeste (Av. dos Autonomistas e sequências), sofre com a péssima qualidade do asfalto, pouca sinalização e, agora, lombadas removidas que se tornaram trechos ‘rebaixados’.

Até mesmo a Antônio Agú, via que leva o nome do fundador da cidade, possui marcas de acidentes decorrentes dos buracos. Nas proximidades das Lojas Cem, do lado oposto, um poste de zinco foi arremessado em direção das pessoas que aguardavam no ponto de ônibus. Ninguém se feriu. O caso ocorreu no final de Janeiro, desde então o buraco completou mais dois meses intocado.

Segundo apurou o Portal PlanetaOsasco.com, em matéria de Março de 2015 (saiba mais), um dos motivos para o grande número de buracos em vias de Osasco é a somatização de falta de manutenção e manutenção precária. Cogita-se, inclusive, o ‘faturamento oneroso constante de cada reparo como motivo para a superficialidade dos retoques’.

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.